Lenda de Octavia Smith Hatcher - Enterrada Viva - Terror Club #


A lenda de Octavia Smith Hatcher, enterrada viva!

No final de 1800, na cidade de Pikeville, Kentucky, EUA, houve um surto de uma doença  desconhecida. A doença devastou toda a comunidade, especialmente a população de crianças.

Uma das vítimas da doença foi Jacob Hatcher, o filho recém-nascido de Octavia Smith Hatcher. 
Ele ficou doente e morreu em janeiro 1881.

Octavia, ficou profundamente deprimida, quieta e afastada. E com o tempo  acabou doente e também entrou em coma. Depois de perceber que a mulher não acordara o marido de Octavia preocupado  chamou o médico local. Quando o médico chegou, a declarou morta por causas desconhecidas.



Como estava muito quente e o corpo apodrece mais rápido no verão, Octavia foi enterrada rapidamente. Cerca de uma semana depois dela ter sido sepultada, mais pessoas da cidade começaram a ter o mesmo sintoma da mesma doença que a matou. No entanto, as outras pessoas despertaram de seus comas com o passar dos dias.

Percebendo o que poderia ter enterrado a mulher viva, o marido de Octavia tratou de exumá-la. O que lhe trouxe uma de puro horror.  Octavia estava de fato ainda viva quando foi enterrada e lutou até seu último suspiro para sair daquele lugar ao despertar . A tragédia foi  tão esmagadora que até hoje é lembrada e contada pelos moradores.

Depois de fazer sua terrível descoberta, o marido de Octavia re-enterrou sua esposa no mesmo túmulo. Para honrar sua memória, e seus últimos momentos angustiantes da vida, ele erigiu este monumento com a forma de quando ela estava viva sobre o seu túmulo, onde lá permanece ainda hoje.

 Alguns acreditam que a doença misteriosa que Octavia e os outros contraíram, poderia ter sido causada pela mosca tsé-tsé Africana, transmissora da "doença do sono".  Já imaginou o tamanho  do sofrimento desta mulher?



Inscreva-se no novo canal Terror club abaixo e acompanhe os próximos vídeos:

a

Nenhum comentário :

Postar um comentário

@RockeiraeVaidosa